[FANTASTICON] Fantasticon 2009 – Primeiro dia …

Finalmente chegou o Fantasticon 2009 – III Simpósio de Literatura Fantástica.

Essa foi a terceira edição de um encontro entre fãs da literatura fantástica, um espaço para o bate-papo e confraternização entre os diversos estilos que fazem parte do gênero fantástico. Nas duas edições anteriores  não pude participar, mas esse ano consegui prestigiar o evento e conhecer diversas pessoas com as quais tinha contato apenas pela internet.

O evento aconteceu na Biblioteca Temática Viriato Corrêa, um espaço bem interessante e totalmente voltado a literatura fantástica.

[ Biblioteca Temática Viriato Corrêa ]

No sábado assisti apenas a palestra “Entrando no mercado editorial – o que fazer para publicar seu livro”, com a escritora Cristina Lasaits e com o escritor e editor Gianpaolo Celli. Muitas dicas interessantes para quem deseja entrar para o mundo da escrita ou começar a se aventurar por essa área que muitos dizem ser bem difícil.

[ Palestra com Cristina Lasaits e Gianpaolo Celli ]

Cris e Gian falaram bastante sobre a importância de começar a escrever através de contos e não partindo diretamente para um romance. Com os contos, o escritor iniciante pode fazer experimentações de estilos de escrita, construção de personagens e os diversos gêneros que mais lhe agradam. A importância da pesquisa também foi ressaltada e depois comentada no final da palestra durante as perguntas. Infelizmente, Gianpaolo teve que sair na metade da palestra para resolver algum problema pessoal e Cristina Lasaits assumiu sozinha o restante do encontro. No final, Cris abriu para perguntas e bate-papo e o assunto fluiu ainda mais com comentários da platéia.

Logo após a palestra pude conhecer a Cristina pessoalmente e receber seu autógrafo no meu exemplar de Fábulas do Tempo e da Eternidade, primeiro livro da autora.


[ Cristina Lasaits autografando seu livro Fábulas do Tempo e da Eternidade ]

O grande ponto do Fantasticon, pelo menos para esse que vos escreve, foi conhecer diversas pessoas ligadas ao mercado editorial brasileiro, seja através de editoras, sites ou simplesmente leitores, além de vários escritores.

O primeiro que encontrei foi o Fernando Trevisan, com quem já conversei bastante através do twitter e e-mails. Conversamos um pouco sobre diversos assuntos e ele me mostrou algumas pessoas com as quais pude conversar mais tarde.

Logo após encontrei outras pessoas que só conhecia através da web. Ana Cristina Rodrigues, do CLFC, Fábrica dos Sonhos e autora do AnaCrônicas, foi uma delas. Tibor Moricz, autor de Fome e Síndrome de Cérbero e Ivo Heinz também estavam por lá. Aliás, conversei bastante com o Ivo pouco antes dele sair (ele ainda tinha que levar a família para assistir Harry Potter) e falamos sobre fanzines, discos de vinil e ficção científica.

Também tive o prazer de conhecer o editor da Tarja, Richard Diegues, um cara super bacana com o qual eu também só tinha contato pela internet. Além dele estava lá a Camila Fernandes, escritora, revisora e ilustradora das capas do projeto Paradigmas, da Tarja Editorial, super bacana também e Giseli Ramos, que o Ivo Heinz fez questão de chamar para dar algumas opiniões sobre livros de ficção científica.

E o Fantasticon também é um espaço para reencontrar velhos conhecidos. Estava lá Roberlândio Pinheiro, autor de Lordes de Thargor, que falou um pouco sobre seus próximos livros, que continuam a saga iniciada em seu primeiro romance e sobre alguns contos e antologias das quais está participando. Também encontrei o amigo e parceiro Adriano Siqueira, que apresentou-me Giulia Moon, Martha Argel e Kizzy Ysatis. Já havia conversado um pouco com a Giulia também pela web, mas com a Martha e o Kizzy ainda não. Aliás, Kizzy Ysatis é uma figura, muito bacana e super divertido. Das mãos de Giulia recebi o fanzine FicZine, edição número 7, especial humor vampiro (mais tarde escrevo um post específico para ele).

[ Tiago Castro e Adriano Siqueira ]

[ Adriano Siqueira e Giulia Moon ]

Também conheci o Hugo Vera (ou Huguinho), Eric Novello, que foi apresentado pelo Rober Pinheiro e reencontrei Juliano Sasseron, que eu já conhecia do evento Fontes da Ficção da Martins Fontes.

Tive a oportunidade de conhecer também Cesar Silva e Marcello Simão Branco, idealizadores do Anuário Brasileiro de Literatura Fantástica, que já está em sua quinta edição. Saí de lá com a última edição (2008) autografada. Logo após pude bater um papo com o Cesar que falou um pouco sobre o projeto. Também conversamos sobre internet, principalmente o orkut, com o qual disse já estar um pouco cansado (ou muito cansado).

E pra finalizar, em meio a muita correria, consegui conversar um pouco com Silvio Alexandre, idealizador do Fantasticon e ele me falou de algumas novidades que vem por aí, mas ainda não posso revelar.

Muitas pessoas com quem conversei aprovaram essa nova era do evento, agora em carreira solo, já que nos anos anteriores era realizado juntamente com o EIRPG (encontro internacional de rpg).

E a programação do sábado foi recheada com várias mesas interessantes. Ainda teve o Encontro do GELF (Grupos de Estudos de Literatura Fantástica), com Rosana Rios, a mesa-redonda Mitos e Dramas do Vampiro Contemporâneo, com Giulia Moon, Judith Tonioli Arantes, Natasha dos Reis e Elídia Zotelli, o bate-papo O Mercado Editorial de Literatura Fantástica no Brasil, com Adriano Piazzi, Douglas Quinta Reis, Ednei Procópio, Richard Diegues e Rodrigo Coube e o bate-papo Prática de Escrita de Literatura Fantástica, com Nelson de Oliveira, Kizzy Ysatis, Ronaldo Bressane e Santiago Nazarian.

Abaixo, algumas fotos da exposição Visões Secretas do artista Cavani Rosas.

Publicitário, estrategista de conteúdo, organizador do Concurso Hydra de Literatura Fantástica Brasileira e coorganizador dos eventos Fantasticon e Sarau Fantástico.

Twitter LinkedIn Google+ 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...