Destaques Eventos

Regulamento da 2ª edição do Concurso Hydra de Literatura Fantástica Brasileira

hydra_2edição

Artigo 1.º: Tema do concurso

O Concurso Hydra visa promover a literatura especulativa brasileira, formando parcerias com publicações estrangeiras para divulgar a produção nacional além das nossas fronteiras.

Artigo 2.º: Prazo para a entrega dos contos

O prazo para a entrega de contos é de 15 de julho de 2013 a 31 de agosto de 2013.

Artigo 3.º: Condições de participação

O Concurso é aberto a todos os escritores de nacionalidade brasileira com contos publicados nos anos de 2011 ou 2012.  Cada autor pode inscrever até dois contos de sua autoria, desde que estejam dentro das seguintes características:

  • Apenas são válidos os contos publicados originalmente em língua portuguesa
    • “Publicação” neste caso significa que o conto foi disponibilizado para o público por venda (por meio impresso ou digital) ou livremente online
    • Os contos devem ter sido publicados pela PRIMEIRA VEZ nos anos de 2011 ou 2012
      • Para publicação impressa, vale o ano de copyright da edição
      • Para publicação digital, vale a primeira data que o conto foi disponibilizado online
      • São elegíveis apenas contos dos gêneros de ficção especulativa, quer dizer, contos com elementos de fantasia ou ficção científica
        • Contos de história alternativa são elegíveis
        • Contos de terror são elegíveis apenas se contém algum elemento especulativo
        • Tamanho máximo (por conto) de 10.000 (dez mil) palavras
        • Não pode existir tradução prévia do conto para inglês
        • O autor deve possuir diretos de publicação do conto em inglês
        • É encorajada a inscrição de contos que já participaram em ou vencerem outros concursos, desde que os contos respeitem todas as outras regras desse concurso
        • São inelegíveis contos dos organizadores, juízes e seus cônjuges e parentes consanguíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção.

Inscrições que não estiverem de acordo com estas regras serão recusadas.

Especificamente para esta edição do concurso é obrigatória a adequação à seguinte regra da nossa publicação parceira: 

  • Classificação: a revista parceira não publica textos recomendados para maiores de 14 anos.  As histórias poderão conter temas adultos e alguma violência, mas não é admitido sexo explícito ou vocabulário pesado.

Artigo 4.º: Processo de seleção

A seleção acontecerá a partir da data 31 de agosto, em duas etapas:

  • Na primeira etapa, um painel de três juízes lerá todos os contos inscritos e selecionará três finalistas
  • A publicação parceira escolherá o vencedor dentre os três finalistas

A data final de seleção será anunciada após o recebimento de todas as inscrições.

Artigo 5.º: Critérios de avaliação

A pretensão do Concurso Hydra é promover a literatura especulativa brasileira no mundo inteiro.  Por isso, os juízes recebem a incumbência de procurar excelência de escrita, e selecionar apenas o que o Brasil tem de melhor para apresentar às nossas publicações parceiras.  Qualquer expectativa menor não faria jus à comunidade de ficção especulativa no Brasil.

Excelência é de difícil definição, mas três princípios nortearão o processo de seleção:

  • Qualidade – Procuramos o máximo de qualidade no texto e no enredo;
  • Criatividade – Procuramos uma experiência inédita e memorável na leitura do conto;
  • Universalidade – Procuramos textos que, sendo lidos por pessoas de diversas culturas, sejam entendidos e apreciados. Desejamos expor idéias e conceitos diferentes, mas de forma compreensível para todas as culturas.

Especificamente para esta edição do concurso, procuramos seguir, quando possível, a seguinte preferência da nossa publicação parceira: 

  • Mundos e personagens críveis – A revista prefere contos com personagens e mundos bem-desenvolvidos.

As nossas publicações parceiras recebem milhares de submissões todo ano e não são fáceis de impressionar.

Artigo 6.º: Premiação

  • Os finalistas e o vencedor serão divulgados após seleção final do vencedor
  • Os contos finalistas serão vertidos sem custo para a língua inglesa, feita pelos organizadores do concurso
  • O Concurso Hydra não oferece nenhum prêmio financeiro
  • As nossas publicações parceiras concordam em oferecer publicação e pagamento para o conto vencedor
    • Em caso de pagamento por palavra, o pagamento será feito sobre o número de palavras traduzidas (que será o número de palavras publicadas) e não o número de palavras original
      • É importante salientar que tradução de português para inglês tende a diminuir o número de palavras
  • O Concurso Hydra não pode garantir publicação nem pagamento das nossas parceiras.  Fica a responsabilidade do vencedor em assinar contrato de publicação com a publicação parceira, nos termos que estas partes ajustarem livremente e sem interferência do Concurso Hydra ou seus organizadores.

Especificamente para esta edição do concurso, a nossa parceira atualmente oferece aos escritores publicados pagamento de 6 centavos de dólar por palavra até 7.500 palavras e 5 centavos de dólar por palavra além das 7.500 iniciais. Estes valores estarão sujeitos a impostos e demais encargos.  

  • Este valor é sujeito a mudança e está fora do controle do concurso
  • O pagamento será feito por PayPal ou cheque estrangeiro, cabendo ao participante sua declaração à autoridade fiscal brasileira.
  • Favor mandar o melhor trabalho possível, sem prender-se demasiadamente no tamanho do texto.

Artigo 7.º: Direitos de autor

Todos os direitos de copyright das obras submetidas permanecem propriedade dos autores.

Os participantes concordam especificamente com a publicação de seus nomes e dos nomes de seus trabalhos nos resultados do concurso, bem como concordam com a versão para o idioma inglês e com a publicação na parceira estrangeira, mediante contrato a ser celebrado entre as partes posteriormente.

Artigo 8.º: Responsabilidade

Os organizadores não serão considerados responsáveis pela anulação, adiamento ou alteração do concurso em virtude de circunstâncias imprevistas, nem serão responsáveis por qualquer mudança de relacionamento com a publicação parceira.  Os organizadores não têm nenhuma responsabilidade fiscal ou trabalhista pelo concurso.  Os participantes concordam que o concurso e seus organizadores não terão qualquer responsabilidade quanto a trabalhos plagiados de quem quer que seja, e, uma vez descoberto o plágio, a comissão organizadora desclassificará o trabalho. Plágio é um tipo de infração disciplinado pelos artigos 184 do código penal e lei 9.610/98.

Caberá integralmente aos autores do texto responderem por seus termos, mesmo em caso de calúnia, difamação ou injúria a terceiros.

Artigo 9.º: Aceitação da regulamentação

A participação no concurso implica a plena aceitação das normas do presente regulamento. Os casos omissos serão resolvidos através de arbitragem da comissão organizadora, sendo a aceitação desta norma indispensável para a submissão de qualquer trabalho. Estas decisões serão irrecorríveis.

Artigo 10.º: Inscrição

A inscrição é gratuita.

Leia as seguintes regras com atenção:

  1. Para participar o autor deve mandar um e-mail separado para cada conto inscrito (até o limite de dois).
  2. O conto deve ser anexado ao e-mail em formato RTF ou Word.
  3. O assunto do e-mail deve ser: “Concurso Hydra – nome do conto, sobrenome do autor”.
  4. O corpo do e-mail deve conter as seguintes informações (e APENAS estas informações):
  • Título do conto
  • Nome do escritor
  • E-mail e telefone para contato
  • Número de palavras do conto
  • História de publicação do conto, inclusive todos os lugares e idiomas em que o conto já foi publicado
    • Para publicações online, incluir o link

Inscrições que não estiverem de acordo com estas regras podem ser descartadas sem aviso ao autor.

É vedada a inscrição de trabalhos de qualquer pessoa que esteja atualmente envolvida na organização do Concurso Hydra, bem como seus parentes próximos ou cônjuges.

Email para submissões: concurso.hydra@gmail.com

São Paulo, 05 de julho de 2014

Anexo: Envolvidos, primeira edição

Organização: Tiago Castro (Organizador), Christopher Kastensmidt

Seleção do vencedor: Orson Scott Card

Publicação parceira: Orson Scott Card’s Intergalactic Medicine Show

Editor da publicação parceira: Edmund Schubert

Patrocínio: ABandeira.org, IGMS, Universo Insônia

Departamento Jurídico: Leonardo Jannone Carrion OAB/RS 52.276

559898_10150672211452736_1595245099_n

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Castrinho
Publicitário, estrategista de conteúdo, contador de histórias, organizador do Concurso Hydra de Literatura Fantástica Brasileira e coorganizador dos eventos Fantasticon e Sarau Fantástico.
http://castrinho.com.br

19 thoughts on “Regulamento da 2ª edição do Concurso Hydra de Literatura Fantástica Brasileira”

  1. Os contos a participarem,somente aqueles que foram publicados,ou contos inéditos também caberiam para o envio?

  2. Olá, tenho um conto publicado no meu blog em 2012, porém, tornei o Blog privado este ano, pois decidi participar de alguns concursos literários que exigem ineditismo total. A pergunta é: como faço para validar para o presente concurso um conto meu publicado no Blog em 2012?

  3. Olá Marcelo,
    Para participar do concurso, o conto deve estar publicado “publicamente” para não ter dúvidas. Por mais que você prove para a organização que o conto existe desde 2012 lá no site, um participante pode contestar se o conto realmente existe e foi publicado de acordo com as regras do concurso. Então, sugiro que você coloque esse conto como público no blog, com sua data original de publicação, antes de inscrevê-lo.

    Boa sorte.

    Att.
    Tiago Castro

  4. Sinceramente,acho algumas regras,tão sem fundamento,quanto a forma propositiva de alguns concursos.Esse por exemplo,quer reler o já lido,concursar,o já concursado,como se fosse possível,diplomar o diplomado.Minha opinião,é definitivamente do anonimo,contudo leitor,e um juiz capaz de observar um grande mal gosto em muita coisa publicada,inclusive,nestes veículos digitais.Gostaria,sinceramente,de saber se,são normas impostas pelos americanos,a uns terceiro mundistas tolos;sim,pois querem o suco de laranja;concentrado,como se diria,um bom fast-food literário.Da gosto ver pessoas,na maioria,amadores,e talvez,com excelentes obras,representarem a nata verdadeira,o povo buscando meios verdadeiros de expressão.obrigado

  5. Olá! Gostaria apenas de saber se após o envio do(s) conto(s) o escritor recebe algum comunicado ou confirmação de recebimento, pois enviei e não recebi até o momento. Continuo no aguardo de uma resposta. Grato.

  6. Olá Thiago

    O Site acima refere-se à obra publicada em 2012.
    Não seria mais fácil o envio de um exemplar para avaliação? Estarei enviando ambém por email a obra no formato que foi publicado impresso.

    César Torres

  7. Dùvida: O autor deve enviar o texto conforme foi publicado originalmente ou pode mandar uma versão com uma nova revisão?

  8. Olá novamente Tiago.
    O problema é que já enviei h´tempos e ainda não recebi confirmação de recebimento dos dois contos enviados. =\

  9. Olá César,

    Não, a parceira do concurso, a revista IGMS exige os contos em formato digital (especificado no regulamento).
    Além disso, seria completamente inviável para organização receber diversos exemplares para avaliação, sendo que não será apenas um jurado e todos avaliarão os contos ao mesmo tempo.

    Att.
    Tiago Castro
    Organizador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.