Help – A Lenda de um Beatlemaníaco (Sérgio Pereira Couto)

Já fazia algum tempo que não lia um romance policial de qualidade, ou melhor, já fazia algum tempo que não lia nada policial, e retomei a leitura desse gênero com um excelente livro, HELP – A Lenda de um Beatlemaníaco, de Sérgio Pereira Couto.

Help conta a história de um assassino serial que aproveita a chegada da Beatle Week, um grande evento musical, para começar uma série de crimes em Liverpool, cidade natal dos Beatles. Essa seria apenas mais uma trama policial se esse assassino não ligasse suas mortes com os álbuns lançados pelos filhos mais famosos da cidade.

Tudo começa quando a primeira morte acontece em um cenário ligado ao disco Please Please Me, primeiro álbum do quarteto e à partir daí todas as mortes vão sendo ligadas ao legado da banda inglesa.

Durante toda a trama acompanhamos a difícil tarefa do investigador John Paul Sutcliffe e do grupo de peritos forenses conhecidos como CSA’s em desevendar os crimes. Em meio a essa investigação vamos conhecendo personagens muito interessantes, como JW Starkey, dono de uma loja de discos que pertencera a sua mãe e que não gosta nenhum pouco dos Beatles e Julian Kirchherr, vocalista da banda cover Apple, uma das concorrentes da Beatle Week. Também somos apresentados as personagens Cynthia e Bárbara, respectivamente namoradas do investigador John Paul e do vocalista Julian, que logo se tornam recorrentes na trama, ou como no caso de Cynthia, essencial para a investigação.

O livro tem um rítmo bastante acelerado impedindo qualquer monotonia durante a leitura. Ao descrever os detalhes, citar diversas canções dos Beatles e mencionar todos os lugares famosos da cidade de Liverpool, Sérgio Pereira Couto nos transporta para as sombrias ruas da cidade inglesa e nos mostra que uma das bandas mais famosas o mundo pode perturbar a mente de quem é fã e também de quem não é fã da banda. As mortes e a frenética investigação dos CSA’s são dignas dos melhores episódios do seriado americano CSI e não deixam a desejar diante de nenhum outro livro do gênero.

O último capítulo encerra de maneira perfeita essa ótima história e deixa uma pergunta no ar: haverá uma continuação para Help – A Lenda de um Beatlemaníaco???

A leitura é obrigatória para todos os fãs dos Beatles, para qualquer fã de uma boa história policial, para os simpatizantes das cidades de Liverpool e Londres e para todos aqueles que apreciam uma ótima leitura.

O prefácio do livro foi escrito pelo vocalista da banda Beatles 4 Ever, Fábio Colombini, banda essa que é citada durante o livro. A capa é assinada por Rafael Victor, referindo-se a capa do álbum HELP.

Se você ainda não leu HELP, leia … se já leu, leia mais uma vez!

… … …

por Tiago Castro
contato@tiagocastro.com.br

Publicitário, estrategista de conteúdo, organizador do Concurso Hydra de Literatura Fantástica Brasileira e coorganizador dos eventos Fantasticon e Sarau Fantástico.

Twitter LinkedIn Google+ 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...