Monday, October 14, 2019


O Alfabeto do Velho Oeste

O blog Tex Willer de Portugal inicia hoje um projeto online de autoria de WILSON VIEIRA, pioneiro tanto em Portugal,…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
By Castrinho , in Splash , at 18 de janeiro de 2010

O blog Tex Willer de Portugal inicia hoje um projeto online de autoria de WILSON VIEIRA, pioneiro tanto em Portugal, quanto no Brasil: O ALFABETO DO VELHO OESTE.

“Será um trabalho longo e árduo, porém prazeroso, onde a cada letra específica, o amigo leitor encontrará uma variedade de descrições relativas a ela, num período onde homens, mulheres, animais, geografia e clima, entrelaçavam-se na batalha árdua do quotidiano em busca da sonhada sobrevivência – o Velho Oeste” comenta Wiloson Vieira. “Esperamos que aprovem o conteúdo sugerido e nos acompanhem, nessa aventura extraordinária, já a partir de agora com a letra … A” completa.

… … …

Uma pequena amosta …

Allin, E. S. – Grande mestre armeiro da fábrica de armas Springfield Armory, que em 1865 resolveu o problema de utilizar velhos rifles de percussão Springfield com cartuchos inventando assim a chamada “Allin-Convertion”: encurtava o cano e inseria os cartuchos. Um compartimento especial fechava o cartucho que se encontrava no cano, e continha o percussor. Inicialmente os modelos Springfield 65 assim modificados eram ainda de calibre grande 58, que vinham reduzidos para 50 e 45. A Allin-Convertion ficou famosa no Oeste e identificou-se com o Springfield 45-70 (calibre dos cartuchos 45, carregado com pólvora para disparos de 70 grãos), porque muitas unidades empregadas nas batalhas contra os índios eram armadas com estas armas. Depois da batalha contra a Sétima Cavalaria em “Little Big Horn”, os índios encontraram muitos rifles Springfield, bloqueados pelos cartuchos detonados, porque a rapidez dos tiros tinha aquecido muito os seus canos.

… … …

Sobre Wilson Vieira

Desenhista e Roteirista Brasileiro de HQs, com mais de 30 anos de experiência, dos quais 7 deles (1973/80), participando como colaborador do estúdio Staff di IF em Gênova/Itália (grupo de autores de Quadrinhos criado por Gianni Bono), ilustrando também alguns episódios de Il Piccolo Ranger para a SBE. Diabolik, Tarzan e o Homem-Aranha (Octopus desafia o Homem-Aranha).

Realizou alguns episódios para a revista Furia, que foram publicados também na França, pela coleção Eclair. Desenhou também para as revistas Il Monello (Qui Commissario Norton) e Intrepido (Paris Jour). Estudou no Istituto d’Arte Lorenzo de Medici de Florença. Entre 1978/80, colaborou com a editora Italiana Epierre, fazendo trabalhos para as revistas: Kiwi, Amok e Pecos Bill.

No Brasil, em 1981 desenhou para a editora Grafipar a história “O Carrasco”, roteiro Franco de Rosa, e torna-se professor de Desenho Artístico, em 1985 colaborou com a Editora D-Arte, com a história “Censurado”, desenhos Aloísio de Castro. É o autor da saga Nordestina: CANGACEIROS – HOMENS DE COURO e da série western – GRINGO, assim como autor de vários outros roteiros. Foi citado no Almanaque Tex de 1994, no opúsculo Foto de Famiglia(como desenhista Bonelliano) e pelo Guida al Fumetto Italiano. Citado no Dictionnaire Encyclopédique des Héros et Auteurs de BD – França – volume 2 – 1999. Em dezembro de 2004 pela HQ Italiana Mister No #355. Em julho de 2005 pela revista Prismarte #23. Em junho de 2007 pela reedição de Mister No # 2 – Edições IF.

Finalmente construiu seu próprio blog, para desenvolver o primeiro Database Nacional sobre o Old West e publicar a saga Terra Papagalli seus antigos projetos. Inclusive foi o tradutor de episódios da série Ken Parker. Faz uma ilustração exclusiva (técnica mista) do personagem Dylan Dog, para a Mostra de Dylan Dog em Novi Ligure/Itália – site DYLANDOGofili. Também faz uma ilustração do personagem Diabolik, para o site Italiano DIABOLIK CLUB (La Gazzetta di Clerville #32).

Atualmente é tradutor e desenvolve projetos para o Brasil e a Itália; sempre como argumentista/roteirista. Em 2007 – Começou a escrever uma série de Quadrinhos (webcomics) para o site Italiano PROGETTO FUMETTO, com o desenhista Fred Macedo: Kwi-Uktena (Publicação Prismarte # 45 – Especial de Terror), Evolution, O Ceifeiro, Coulrophobia, Frank, Little Italy, Transilvânia. Publica em 2008 na revista La Bouche du Monde #10 (França) a história Feras, desenhada por Alberto Pessoa.

Cria juntamente com Fred Macedo o logotipo/mascote para a emissora radiotelevisiva Italiana FNNetwork – TVRadiostation, localizada em Gênova. Realizou adaptações para Quadrinhos dos escritores: E. A. Poe ( Coração denunciador – O barril de Amontillado – A queda da Casa de Usher – A máscara da morte escarlate – Berenice), A. Bierce (Incidente na ponte Owl Creek – A morte de Halpin Frayser – A coisa maldita), B. Stoker (A casa do juiz – Jonathan Harker (O hóspede de Drácula), H. P. Lovecraft (O dia de Nahum Wentworth), W. Irving (A aventura do estudante alemão). Escreve a biografia de Buffalo Bill para o site Spaghetti Western – Database do Western Italiano. Publica na Argentina – Revista Con Hache #1 a história Kwi-Uktena, com desenhos de Fred Macedo, seu companheiro de trabalhos. Publica em Portugal no (Festival Internacional de Bandas Desenhadas de Amadora – FIBDA) – nas Revistas BDJornal #23 e #24 as histórias Evolution e Kwi- Uktena, com desenhos de Fred Macedo. Mencionado em 2009 no editorial escrito por Sergio Bonelli da nova reedição Tex #223.

http://brasilhq.ilcannocchiale.it/
http://brawvhqs.blogspot.com/
http://wilsonvieira.leonardo.it/blog

… … …

por Tiago Castro
contato@tiagocastro.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...