literatura

Tarja Editorial apresenta sua coletânea Cyberpunk

Imagine-se em um universo onde a tecnologia se faz tão presente quanto o próprio ar que respiramos. Adicione nesse caldo a fome de poder típica de grandes corporações capitalistas. Agora pense no que surgiria dessa união, onde a tecnologia seria levada a extremos, e unida com a fome de poder sem limites poderia suplantar todo o bom senso da humanidade.

Máquinas substituindo humanos, sistemas de realidade virtual onde para se ter outra vida basta apenas uma conexão, equipamentos que alçam os homens a patamares antes apenas aspirados aos deuses, elementos de uma ciência antes hermética sendo soltos aos quatro ventos como notas banais de folhetins eletrônicos.

Neste cenário obscuro e caótico, onde as pessoas têm sua humanidade ameaçada por todos os lados, fica cada vez mais difícil evitar a convergência natural ao pós-humano.

Ciborgues e robôs, nanotecnologia e implantes, carros aéreos e espaçonaves, supercomputadores e inteligências artificiais, avatares e periféricos. O futuro não se encontra mais adiante. Ele está nessas páginas. Se aventure a entrar nele e descubra as criativas facetas dos universos Cyberpunk.

SOBRE A OBRA:

O trabalho de organizar uma obra como essa é muito árduo. É incrível o quanto os editores receberam de material, tendo que abrir mão de bons contos em favor da uniformidade da obra e do conjunto final. Como o Cyberpunk é um gênero narrativo bem definido, é necessário conseguir variações temáticas e de narrativa, e ainda assim manter a linha necessária para agradar tanto aos leigos como aos puristas.

Ronaldo Luiz Souza trouxe uma história clássica, com referências tecnológicas misturadas com muita ação, mesclando a realidade e a virtualidade. Luiz Bras apresentou uma narrativa com o melhor do estilo cyberpunk que se consagrou com o uso do ciberespaço, mas sem deixar de lado o refinamento no uso da escrita. Gianpaolo Celli rompe as amarras do convencional, trabalhando uma história futurista, onde estações espaciais e aeronaves são corriqueiras no dia a dia. Débora Vieira Ramires cedeu uma narrativa com ares de ficção científica, onde androides estão a solta e uma rede de ambientalistas necessita da ajuda de um para salvar espécies ameaçadas. Ramon Giraldi transporta o leitor em uma trama cheia de ação, com runners e corporações capazes de tudo pelo lucro. Ubiratan Peleteiro arremessa o leitor para uma coletividade onde é quase impossível separar o que é real, incluindo os próprios seres humanos. Maria Helena Bandeira nos dá um conto “diferente”, unindo com humor o maior esporte nacional, máquinas quase humanas e o famoso jeitinho brasileiro em um caldo que realmente proporciona uma inovação dentro da literatura cyber. Pedro Vieira transporta o leitor para um ambiente noir policial, mas com um clima bem humorado e repleto de referências ocultas, além de heróis extremamente não convencionais. E Richard Diegues encerra as páginas da obra com chave de ouro, mostrando a clássica Realidade Virtual e o drama de uma eleição presidencial muito disputada, cheia de reviravoltas e artimanhas, além da tecnologia que agrada muito aos apreciadores do gênero.

Podemos dizer sem risco de errar que esta, além de ser a primeira obra brasileira do gênero com essa proposta, será durante muitas décadas a mais representativa e também a mais ampla apresentação do Cyberpunk no país.

Dados Técnicos:
Autoria: Vários Autores
ISBN: 978-85-61541-13-2
Páginas: 184
Formato: 14x21cm
Ano: 2010
Edição: 1ª
Autores e Contos:
Ronaldo Luiz Souza – O Fruto Ausente do Vosso Ventre
Luiz Bras – Protagonistas e Figurantes
Gianpaolo Celli – É Por Isso Que Eu Odeio Política
Débora Vieira Ramires – Salvem os Marsupiais
Ramon Giraldi – Memórias de um Runner
Ubiratan Peleteiro – O Trainee
Maria Helena Bandeira – Uma Questão de Estilo
Pedro Vieira – Instinto Materno
Richard Diegues – Longa Vida: a República!

… … …

fonte Hugo Vera

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Castrinho
Publicitário, estrategista de conteúdo, contador de histórias, organizador do Concurso Hydra de Literatura Fantástica Brasileira e coorganizador dos eventos Fantasticon e Sarau Fantástico.
http://castrinho.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.